Em mais um ano, a Cruz Vermelha Brasileira – Filial de São Paulo saiu às ruas em campanha contra a Febre Amarela. Em parceria com a Secretaria de Saúde de Mairiporã, na terça-feira (06/02), os voluntários da instituição percorreram bairros rurais levando orientação e vacina para a população.

De porta em porta, eles visitaram os moradores de Remédios e Hortolândia, que tiveram números significativos de casos de Febre Amarela, com explicações e panfletos sobre a doença. Aqueles que por algum motivo ainda não tinham se imunizado, receberam a vacina.

Foi o caso da dona de casa Luciana Brandão, 45 anos. “Ainda não tinha me vacinado porque em 2015 fiz um tratamento de câncer e não sabia se podia tomar. Por enquanto, o meu marido e eu estávamos mantendo as janelas de casa fechadas e usando bastante repelente.”

Após a orientação dos voluntários, Benedito Nunes, 40 anos também aproveitou a oportunidade. “É importante

porque trabalho em fazenda, fico muito no meio do mato e sem estar protegido é muito perigoso. Foi rapidinho e nem doeu”, disse.

O trabalho é importante e vai de encontro com a missão da Cruz Vermelha de levar informação e vacinação para quem não tem fácil acesso e está exposta à doença, afirmou a gerente de Projetos Sociais e Voluntariado da filial paulista da Cruz Vermelha, Aline Rosa.

Desde 2017, a instituição de ajuda humanitária promove ações de combate e prevenção da Febre Amarela. As atividades do ano passado beneficiaram cerca de 12 mil pessoas em todo o estado com atividades educativas, recreativas, mutirões de limpeza e distribuição de telas e repelentes.

Sobre a Cruz Vermelha de São Paulo
Fundada em 1912, a Cruz Vermelha de São Paulo atua como parte de um movimento humanitário mundial em benefício das pessoas acometidas por desastres e na capacitação em primeiros socorros e saúde comunitária. Com 105 anos de atuação no Estado, a Cruz Vermelha disponibiliza serviços nas áreas de Socorro e Desastre, Primeiros Socorros, Promoção à Saúde, Programas Comunitários, Doações, Juventude e Restabelecimento de Laços Familiares. Em 2017, foram realizados 192 mil atendimentos por meio de ações, projetos e eventos, além de 142 toneladas de doações enviadas a campanhas de ajuda humanitária e instituições apoiadas. Mais informações estão disponíveis em www.cruzvermelhasp.org.br ou nos perfis da instituição no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube (/cruzvermelhasp).