A Cruz Vermelha Brasileira de São Paulo está recebendo doações de todos os tipos – em especial, água, alimentos não perecíveis, roupas, sapatos e itens de higiene pessoal – para auxiliar as vítimas do incêndio e desabamento de edifício na região central da cidade, ocorrido na madrugada de hoje, 01 de maio.

A entidade foi acionada pela Defesa Civil ainda na madrugada. Desde então, os voluntários atuam na busca e recolhimento de doações e triagem do material. As pessoas que quiserem ajudar, devem levar as doações para a sede da Cruz Vermelha, localizada na Av. Moreira Guimarães, 699, próximo ao aeroporto de Congonhas, onde serão triadas e destinadas às famílias atingidas.

“Por natureza somos auxiliares do poder público e buscamos sempre atuar junto a eles para amenizar o sofrimento humano. Ficamos muito tristes com essa fatalidade, mas vamos nos dedicar no apoio à estas famílias com a força do nosso trabalho voluntário durante todo esse momento de recomeço”, disse o responsável pelo Departamento de Gestão de Risco e Desastre, Tiago Seballo.

O prédio que desabou era ocupado por cerca de 90 famílias em situação de vulnerabilidade, segundo informações da Prefeitura de São Paulo. As vítimas estão sendo destinadas a abrigos provisórios e contam também com o apoio da sociedade, por meio destas doações, para recomeçar.

 

Serviço – Doações de materiais

Doe: Água, roupas novas ou em bom estado, alimentos não perecíveis com prazo de validade superior a 30 dias, itens de higiene pessoal e limpeza, cobertores, sapatos e brinquedos.

Local: Av. Moreira Guimarães, 699, Indianópolis – São Paulo – SP